quarta-feira, 22 de abril de 2009

À mais nova mãezinha

Para Sempre
Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.

Morrer acontece
com o que é breve
e passa sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
- mistério profundo -
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.
(Carlos Drummond de Andrade)

Tomei a liberdade de publicar essa mensagem, mesmo atropelando a ordem das nossas ilustres colaboradoras, para homenagear a mais nova mãezinha do nosso fértil blog: VANI.

Vani, adoro essa poesia, ela é doce e simples como o nosso poeta maior, mas capaz de traduzir em poucas palavras uma relação tão linda e especial como a de mãe e filho.

Parabéns de todas nós! Que Deus te abençoe, que abençoe sua gravidez e, sobretudo, essa criança que você carrega consigo, agora, e pelo resto de sua vida!
Ivana


40 comentários:

Alessandra disse...

Meninas!
Passei um tempão escrevendo mil coisas, mas aí deu pane na minha internet e eu perdi tudo antes de postar.

Rapidamente quero dizer que estou hiper feliz pela continuidade do blog, afinal tentantes, grávidas ou mamães, formamos todas uma família e devemos permanecer assim, unidas, firmes e fortes, umas pelas outras.

Mesmo sem escrever muito bem, tb estou disposta a colaborar com o blog. Podem contar comigo.

Vani! PARABÉNS!!!!! Muitas e muitas felicidades.

Meninas, volto logo....tenho que atender o eletricista que chegou em casa agora.

Bjus

Juliana disse...

Vani
Parabéns! Que alegria! Que benção! Curta muito e sejam muito felizes! Que Deus abençoe vocês!

Cris
Que maravilha, amiga! Graças a Deus!

Regiane
Desculpe, minha querida! Não estou 100% ainda. Você e sua barriga estão lindas! Me perdoa, tá?

Sabrina
Muitíssimo obrigada pelo carinho! Você é mesmo incrível! Fica com Deus!

Amigas
O que aconteceu foi que no começo do ano meu marido falou que não queria mais fazer o tratamento. O pior é que era um motivo que eu não entendia, que eu não aceitava, que não fazia sentido pra mim. Foi muito difícil. A parte boa disso é que ele finalmente aceitou a idéia da adoção. Eu sempre achei lindo, sempre gostei da idéia, mesmo antes de saber dos problemas, mas ele rejeitava totalmente. Fiquei feliz com a aceitação dele e estamos providenciando a documentação para nos habilitarmos.
Agora, graças a Deus, ele também quer fazer o tratamento de novo! Ainda não sabemos quando, estamos esperando que Deus nos mostre o momento. Sei que Ele vai mostrar e que eu vou fazer.

Um beijo a todas e fiquem com Deus!

Glenda disse...

Vani...
Parabens querida!
Que o papai do céu abençoe vcs...
Curta bastante, pq dá uma saudade enorme...
rsrrs

Cris...
Q notícia boa minha amiga!!!
To muito feliz por vc!!!!

Ju...
As suas notícias tbm são muito boas... Espere em Deus amiga...

Gabi...
Qtos cm???
rsrsr
O ARTHUR chatinho rsrsrs não gostou do canguru...
uma pena...pq acho super prático...

Bjs a todas e fiquem com Deus

Gabi e Frederico disse...

Fernanda,

Foi o canguru da Chicco que eu comprei, mas como foi pela internet ainda não chegou. Estou ansiosa para usar e poder passear com meu menino, mas acho que com 1 mês ainda é muito cedo, mas acho que dois já dá, né?

Comprei outro livro da encantadora e estou lendo de novo, mas só consigo fazer ele dormir de três em três horas. Dou mamadeira depois coloca na cama e meu marido faz aquela técnica de “silenciar e dar tapinha”, dá super certo. Como ele regurgita muito é complica encher muito o estomago, ontem fui tentar fazer isto e foi pior, ele vomitou tudo. Quando ele dorme bem durante a noite ele acaba dormindo muito durante o dia. Agora mesmo, desde que acordou as 10h ele está sonolento e sempre que coloco no peito ele acaba dormindo. É um pouco complicado distrair ele, pois ele não pega nada... fico apenas conversando com ele, caminhando pela casa e escutando música. Durante o dia, quando meu marido não está, é complicado faze-lo dormir sem colocar no peito.

Acho que descobri o problema de cólica do meu filho, eu estava fazendo uma baita besteira. Faz umas duas semanas que resolvi começar a chacoalhar a mamadeira com força para misturar bem o pó, o volume chegava dobrar, mas comecei a perceber que depois das mamadeira ele gritava sem parar, já ficava desanimada quando chegava a hora. Até que fui olhar para a mamadeira e vi que estava cheia de ar, o leite estava todo aerado, ou seja, o coitado tomava metade do leite com ar e morrida de dor. Tadinho. Paramos de fazer isto e parece que o desconforto terminou.

Sobre a fralda, não sei mais qual comprar. Se eu deixar por mais de 6 horas ele acorda todo molhado. Normalmente eu uso a SOFT TOUCH da Monica, é a que eu mais gosto, mas não dura muito. Também, o xixi dele é enorme. Já comprei a da Pamper mas também não agüenta e fica parecendo uma gelatina, não gostei. Faz duas noite que ele começou a fazer coco durante a noite, o que tem me criado outro problema. Acho que é o chá de funchicorea que tenho dado antes de dormir, também vou parar com isto.

Quanto tempo uma criança de 6 semanas tem que ficar acordada durante o dia?? Não estou achando está parte no livro. Para falar a verdade é bem difícil de sentar para ler. Eu era para ter feito isto antes dele nascer e feito anotações.

A Aninha está enorme!!! Manda mais fotos para meu email!!!
Bejinhos

Vani,

Aproveita bastante a viagem, mas te cuida!!!!

Um beijão

Gabi e Frederico disse...

Glenda,

Ele esta com 57cm e 5,05kg.
Será que ele não vai gostar? Estou super animada para sair com ele assim, acho muito mais pratico do que carrinho.

O Arthur continua lindo!!!

Ka disse...

Oi Meninas,

Ando sumida e meio por fora dos últimos acontecimentos mas agora prometo voltar aos poucos e me atualizar. Somente agora contratei uma babá que fica comigo durante o dia e ela tem me ajudado bastante. Sempre achei que daria conta sozinha mas como meu marido mora em outra cidade, e ficar dependendo sempre de minha mãe estava ficando complicado. Foi a melhor coisa que eu fiz contrata-la, estou sempre por perto durante o dia mas estou mais disposta a noite para ficar com a minha filha quando a babá vai embora.

Vani - parabéns, saúde e mtas felicidades !!!

Aos poucos vou me atualizando das novidades do blog, um bjao para todas vcs !!!

Sabrina disse...

Alessandra, que bom que apareceu! Estava sentindo sua falta. Como vai a construção? Qual a perspectiva para terminar??

Juliana, fico muuuuito feliz com suas novidades, seu presente está chegando, de uma forma ou de outra!!!
Que lindo....

Eu continuo cuidando da imunidade, tomando vitaminas, muita água... hj me deu um certo aperto no coração, tava conversando com meu maridex e me dei conta que se tivesse engravidado logo nos primeiros meses de tentativas, nós teríamos um filho(a) de quase 4 anos! Me deu uma melancolia danada... masssss, como eu tento acreditar, tudo tem seu tempo, e o meu, o NOSSO, chegará...

Abração em todas!

Cris disse...

Olá flores!

Que mensagem linda Ivana! tenho certeza que a Vani adorará! Parabéns amiga! E o seu bbzinho como está? Comendo melhor?

Ale, que saudades querida! Volte e conte-nos como estás e quais os planos.

Ju, é bom tê-la aqui novamente amiga, estou hiper feliz pelas decisões tomadas por vocês, que Deus abençoe e envie seu presente pela forma que os fizerem mais felizes!!

Glenda, obrigada por todo carinho.

Ka, fizestes falta! Bom tê-la aqui novamente!!

Lus, esses cursos são bons, mas dão um trabalhão, né amiga? Boa prova!

bjinho em todas e nos bbzinhos tb

VANI disse...

Ivana,

Adorei o texto da mãezinha, realmente, mãe é eterna. Estou sentindo bons momentos para todas nós no blog, enfim, estamos todas ressurgindo.

Juliana,

Obrigada!!! Tem uma parente do meu marido que depois que adotou engravidou. Devemos seguir o nosso coração!!!

Glenda,

Obrigada!!! Já vamos ganhando experiência com as mamães e vendo que tem uma outra etapa para nos aprofundarmos e sermos mais safas.

Gabi,

Vou me cuidar. Só sei de uma coisa, já quero comprar o livro "A encantadora de bebê".

Ka,

Obrigada!!! E vou viajar para Londres, estou colocando o clexane na mala que será despachada com a caixa de dez fechada. Pensei em ir de primeira classe, mas desisti, pois está muito caro.

Sabrina,

Tb tentei por quatro anos. Não vamos pensar nisto.

Cris,

Fiz inseminação no dia 24JAN09 e fiz o beta no dia 09FEV09, depois de dezesseis dias da IA e deu 160,06.

Lus,

Se prepara psicologicamente para o momento certo. Tudo tem o momento certo. Vc vê, sou militar e a licença de seis meses não estava aprovada ainda, sendo que a partir desta semana começou a valer.

Alessandra,

Obrigada!!! A nossa família continua unida, que bom que vc tb voltou.

Pessoal,

Estou em ritmo final dos preparativos da viagem, estarei ausente de 24 de abril a 03 de maio.

Alguém tem alguma dica de compras na Inglaterra de coisas baratas?

muitos beijos a todas.

VANI disse...

Fernanda,

Não te respondi no outro comentário, consegui engravidar por meio de uma inseminação artificial.

bj,

VANI disse...

Será que tomar utrogestan além do terceiro mês faz mal?

Gabi e Frederico disse...

Vani,

Vale a pena comprar o livro. Foi indicação da Fernanda mas eu gostei muito, ele tem sido meu manual!!!!
Sobre a progesterona, acho que não tem problema, mas fale com seu médico.

Um beijão e aproveita a viagem!!! Ahhh, e nos escreve de lá contando tudo!!!

Gabi e Frederico disse...

Meninas,

Hoje chegou o canguru, parece que ele adorou o passeio, dormiu o tempo todo. No canguru diz que é para crianças zero M+ então resolvi colocá-lo e a cabeça fica escorada na lateral. Adorei!!!

Ivana disse...

Vani

Eu tomei progesterona até 15ª semana, mas em geral, os médicos mandam tomar até a 12ª, isso no caso de FIV, IA ou para quem teve algum problema de descolmeno de placenta. Nesse último caso, toma-se até a placenta "colar".

bj

Ivana

Ivana disse...

Meninas,

Tem post novo no blog, contando sobre a viagem. Espero vcs por lá.

bj

Ivana e Davi (que pegou um resfriado depois que chegou em BSB e desde ontem está com febre)

Fernanda disse...

Cris,
Que bom saber que está bem! Estava sentindo sua falta...

Sabrina,
Evite ficar pensando no tempo passado desde as primeiras tentativas. Isso só a angustiará ainda mais. Tente não pensar no que já passou, mas apenas nas perspectivas futuras. Concentre-se apenas na esperança, e não na frustração do que não deu. Sei que é difícil, mas tente!

Ju,
Que bom que vão tentar novamente. Mas não desista de continuar pensando em adoção, é uma coisa tão linda... Afinal, o amor nasce de várias formas. Conheço várias pessoas que adotaram e que são pais e mães completamente realizados. Inclusive eu também serei mãe de adoção, estamos eu e meu marido no aguardo de sermos chamados.

Gabi,
Mais para o começo do livro, na parte "Os bbs tb tem emoções" (ou algo que o valha, não lembro exatamente e estou sem o livro porque o emprestei), há descrição de horários e rotinas de Easy para os bbs segundo as idades. Na parte de fazer dormir, mais adiante, ela diz que se o bb dormir mais do que três sonecas de 1,5 hora cada não dormirá muito à noite. Então me parece que mais do que 4,5 horas de sono diurno prejudicará o sono noturno, mas veja direitinho lá.
Quanto às fraldas, também uso a Soft Touch de dia, e à noite a Conforto Noturno, que agüenta bem mais tempo (até 12h para a Ana). Aquela fralda imitando jeans da Huggies também aguenta bem, viu?

bjs férteis a todas

Lai disse...

Oi Meninas,

Faz um tempão que eu não venho aqui. Mas levei um susto com as notícias que li meio rapidamente. Vou me atualizar.

Vani,
Meus Parabéns!!!!!!

bjs a todas.

Lus disse...

Vani,
Como já disse no post anterior... PARABÉNS!!! Que Deus te abençôe.

Ivana,
Muito obrigada pela iniciativa!!!
Eu estou atolada de provas e trabalhos da pós... por esses dias.
Olha, o post ficou lindo!!!
Já tinha pensado em fazer algo parecido... vc foi um anjo... leu meus pensamentos!!!
Amiga... o seu blog está cada dia mais mimoso!!!
Bjus em vc e no Davi.

Sabrina e Vani,
Como disse anteriormente, meu cabelo está caindo menos... pois estou usando um verdadeiro arsenal de combate a queda... rss... (ácido fólico, vitamina E, Biotina, loções anti-queda, etc). Não sei o que realmente está fazendo efeito. Assim, vamos ver no que vai dar.

Ju, minha linda!!!
Vc é tão doce!!!
Amiga, vejo vitória em sua vida!!!
Olha, é isso aí... continue lutando!!!
Busque ser mãezinha do coração e saiba que sinto em minh'alma que vc ainda será mamãe de muitos filhos!!!
Não desista... Deus tem planos para a sua vida.
Bjus em seu coração.

Alê,
Vi as fotos da sua casa no orkut... é linda!!!
Parabéns amiga!!!
Olha, estou esperando o meu APzinho ficar pronto(compramos na planta) para poder colocá-lo do meu jeito. Acho que vai ser entregue no final de junho. Imagina que já estou toda empolgada!!!
Amiga, além de vc ser uma pessoa maravilhosa... também é uma profissional excelente!!!
Bjus.

Meninas, depois mando um e-mail para vcs falando sobre como postar no blog.
Bjus em todas e fiquem com DEUS!!!

Lus disse...

Sabrina,
Já tentou procurar um tratamento para imunidade na homeopatia?
Não precisa parar o tratamento que está fazendo... é só adicionar o tratamento homeopático(que é mais demorado)ao alopático.
Eu tinha várias crises de sinusite, além de muitas infecções urinárias que só resolveram com a homeopatia... Olha, o início é sempre difícil, pois parece que não vai adiantar... mas depois vc realmente verá a diferença!!!
Hoje, quando estou ficando com dor de cabeça... não tomo nenhum analgésico ou atibiótico... vou direto para a homeopatia... e depois de 30 minutos fico livre da dor. É impressionante!!!
Procure um médico homeopata especialista em imunidade... se fizer o tratamento direitinho... com o tempo... o seu organismo responderá e vc ficará mais fortinha.
Bjus.

Ivana disse...

Meninas,

Hj o Davi está completando 9 meses de pura gostosura. Andou meio resfriadinho semana passada, deu febre e tudo, mas agora está bem. Ele sempre se recupera rápido, acho que por conta da amamentação.

Aliás, como mama o meu menino. Ontem, não quis comer nada, até suco rejeitou. Mas quando eu ofereço o peito, fica numa alegria só. Acho que estão nascendo mais dentinhos que farão companhia para os 4 já exixtentes. Ele está tão lindo de dente. Digo que ele é o meu ratinho. Ao mesmo tempo dá uma pontinha de tristeza de ver que ele tá crescendo e logo, logo, não será mais o meu bb. Lógico, que ele vai ser sempre o meu bb, mas não aquele bb que a gente coloca no colo, todo pequenininho. Ele agora tá virando o meu bbzão.

Bjs p todas

Ivana

Fernanda disse...

Meninas,

Hoje ligaram da Vara da Infância e da Juventude, dizendo que há dois meninos para mim e para meu marido. Meu coração parece que saltou pela boca. São irmãos, um de 2 anos e 6 meses e outro de 4 anos e 10 meses. É mais ou menos dentro do que havíamos pedido (casal de irmãos até 4 anos de idade). Depois que veio a Ana Beatriz torcíamos por meninos.

Na quarta-feira iremos conhecê-los (estão na cidade em que eu morava antes, até um ano atrás, e onde nos habilitamos para adoção), daí vamos ver no que dá.

Estou ansiosa para vê-los e ver o que meu coração sinaliza, apesar de que estou me sentindo meio mãe deles já.

E seja o que Deus quiser!
Precisava partilhar com vocês esse momento!

bjs férteis a todas
Fernanda

Cris disse...

Olá meninas!!

Fê, me emocionei com seu relato amiga, que lindoooooooo! até meu coração disparou! que ato de amor mais lindo!! Que abençoados serão se a tiverem por mãe! Que Deus abençoe e ilumine vc e seu esposo!

Super bjo amiga e um afago na Aninha

Cris disse...

Bom meninas, falando um pouco a cerca de mim... passei por um tempo de desânimo, mas graças a Deus encontro-me reanimada e esperançosa, tudo há de dar certo e Deus há de cumprir sua promessa!

Um bjo carinhoso em todas

PS. desculpe não me dirigir individualemente a todas, mas tenho andado muito atarefada.

Glenda disse...

Fernanda...
Pra variar cai no choro qdo li seu comentário...
VC é realmente uma pessoa muito especial!!!
Deus abençoe vc e sua linda família...

Cris...
Qta alegria vc me dá hj amiga!!!
Com certeza o Senhor irá cumprir sua promessa!!!

LUS...
Amiga, q bom que está tudo mais controlado... Logo td estará estabilizado!!!

Ivana...
Me sinto como vc... As vezes choro, de ver o qto meu menino cresceu... E logo não será mais meu bbzinho... As vezes queria q o tempo parasse só pra eu curtí-lo... rsrsr

Vani...
Usei progesterona até a 12a. semana...

Meninas...
Vejo vcs façarem de um tal livro e queria saber para um bb da idade do ARTHUR (7 meses) como teria q ser o soninho???
Meu bb não dorme bem a noite e de dia tira dois cochilos... Tem o sono super leve agora deu de acordar chorando a noite e assustado...

BJs a todas

Glenda disse...

meninas
foto nova!!!

Sabrina disse...

Lus querida, obrigada pela dica do homeopata! Na verdade sei que tudo isso é pura ansiedade, que preciso relaxar e entregar na mão de Deus... mas é difíiiiiiiiiiiiiicil!

Fernanda, que lindo, a família está crescendo ainda mais!!! Que lindo gesto, me emocionei....

Cris, que bom que estás animada novamente, você é uma pessoa especial!

Vani deve estar curtindo o maridão na Inglaterra... que legal!

Juliana, aparece! Já deu entrada nos papéis do fórum? Já pensaram no perfil da criança que vão querer? Acho essa a parte mais difícil, afinal se for biológico agente não escollhe nada...

Estou tentando me animar novamente, tenho altos e baixos, mas estou seguindo em frente... tenho voltado a frequentar alguns foruns sobre fertilidade e não sei até que ponto isso me faz bem, pois ao mesmo tempo que vejo muita gente conseguindo engravidar, também vejo muita gente não conseguindo, e isso me dá um meeeeedo danado...

Beijos em todas e em todos os lindos nenens!

Ivana disse...

Glenda,

O Arthur está cada dia mais liiiiiindo!
Eu já perceb que o sono deles passa por fases,umas melhores, outras piores. O Davi nunca dorme um dia igual ao outro.
Agora ele dorme de manhã, por volta das 9:30,durante 1 h, 1:30, no máximo. A tarde, dorme por volta das 14:30, 15:00, o mesmo tempo. À noite, nunca dorme antes das 9, às vezes, quando está mais agitado, vai dormir perto das 10. Por volta da meia-noite,se ele não acordar, eu o acordo e dou a mamadeira de nan, e ele vai até 5:30, 6 hs, no máximo. Às vezes, dorme um pouquinho mais, até 7, 7:30, outros dias, como hoje, não dorme mais.
Não por acaso, hj estou um caco. Tento cochilar mais um pouco antes de ir p o trabalho, enquanto ele fica com a babá, mas não é mesma coisa, pois a casa fica muito cheia de barulhos e qualquer gemido dele me acorda.
Bom, é isso. Parei de reclamar, o que importa é que ele tenha saúde e muita energia p gastar. Daqui a pouco, vai estar dormindo bem.

bjs

Ivana

Ivana disse...

Fernanda,

Vc me emocionou com sua estória. Comentei ontem com meu marido que vc era realmente um pessoa iluminada, especial. Desejo a vc todas as benções do mundo. Que Deus te mostre o caminho certo a seguir e que te ilumine ainda mais p vc tomar essa importante decisão.

Bjs p vc, maridão, Aninha e quem sabe, seus outros 2 filhinhos

Ivana e Davi

Cris disse...

Olá meninas!

Lai, que bom tê-la por aqui, saudades das nossas conversas...volte e conte-nos tudinho.

Re, saudades de ti amiga, como estás?

Glenda, o Arthur está muito, muito lindooooooooo! e a mamãe tb!rs

Sabrina, obrigada pelo carinho querida, estou feliz em encontrá-la aqui.

Fê flor, é amanhã! Quando puder, conte-nos como foi.

Ju, anda muito sumidinha, manda notícias!

Bjinho em todas

Lai disse...

Cris,
Realmente sinto muitas saudades das nossas conversas, mas não tive coragem e nem ânimo para entrar no msn. Fiquei muito feliz em saber que está tudo bem com vc e que vc vai voltar no médico somente em 2010. Sabe Cris estou procurando a fé dentro de mim novamente.

Fernanda,
Achei o seu ato lindo demais!!!!

Lus,
Concordo com você, realmente todas nós deveriamos ajudar para manter o nosso cantinho.

E a todas as mamãe e seus reizinhos e rainhazinhas um beijo no coração.
Bjs a todas

Sabrina disse...

Lai, que bom que estás de volta!
Não perca a fé, o que é seu está guardado. Tenha força para continuar a luta, temos que nos animar com os exemplos de quem conseguiu e está aqui com seu presente, para nos mostrar que vale a pena tentar, que também vamos conseguir!

Ninguem nos disse que seria fácil não foi? Tenho a impressão que daqui a pouco quando vc tiver força para recomeçar virão logo dois, para dar bem muito trabalho! Eles vão dizer assim: vc não queria tanto nos ter? Agora está reclamando que somos danados(as)?

Não deixe de sonhar, precisamos disso....

Abração

Juliana disse...

Sabrina, Cris, Lus e Fer

Nem sei como agradecer o carinho de vocês! A gente fica tão frágil, né? Vocês são uma alegria na minha vida! Eu também vejo uma grande vitória preparada para todas nós, viu Lus? Mais do que nunca estou esperando em Deus...
Ainda não terminamos de juntar a documentação, é bastante coisa e estamos fazendo tudo sem desespero. E também estou esperançosa em fazer o tratamento de novo, mas desisti de saber quando. Vocês serão as primeiras a saber quando acontecer!

Cris, é muito bom vê-la animada e confiante. Você é meu exemplo de fé!

Lus, tendo certeza que logo, logo você estará pronta pra começar! Obrigada pela doçura, pelo carinho, pela atenção, você é muito especial!

Sabrina, querida, descobri você!!! Obrigada por tudo! Estou rezando e tenho certeza que daqui a pouquinho você estará contando das agulhadas e dos lindos óvulos! Tenho pensado muito em você.

Fer, que emoção!!! Meu coração disparou quando li! Venho logo contar, estou ansiosíssima!

Um beijo a todas e fiquem com Deus!

Cris disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cris disse...

Oi meninas!

Quero agradecer as visitinhas em meu blog, fiquei muito feliz, tem post novo!

Ju queridinha!
Um abraço bem forte, viu? amo você!!

Lai, às vezes a fé fica escondidinha diante das dificuldades, mas, tenho certeza que ela permaneçe aí em seu coração, é só deixá-la FLUIR.

bjs a todas

Fernanda disse...

Meninas,

Não foi dessa vez que serei mãe do coração. Foi uma decisão difícil para mim e para meu marido, pois a vontade de ficar com os meninos foi grande, mas não é o momento. Fomos até lá transbordando de ansiedade. Primeiro estivemos no fórum, analisamos o histórico dos meninos em contato com a promotora (uma colega e grande amiga minha) e com a psicóloga do juizado. Depois fomos enfim ao abrigo e conhecemos os meninos, ficamos uns 45 min com eles (sem eles saberem do que se tratava, claro), e então tivemos a certeza de que no momento seria muito para nós dois.
Os meninos (especialmente o menorzinho, de 2,5 anos) apresentam grandes necessidades afetivas e de disciplina, que exigiriam – para que pudéssemos fazê-los realmente felizes – total disponibilidade para com eles.
Então, com a Ana Beatriz apenas com 5 meses, ela acabaria por ser “prejudicada”, ou não teríamos tanta disponibilidade para curtir e saborear cada momento tão lindo do desenvolvimento dela, cada qual deles significando um verdadeiro descobrimento para nós. Por outro lado, todos os passos para a adaptação dos meninos também seriam descobrimentos para nós, e tudo ao mesmo tempo – ela e eles – poderia até “prejudicá-los”.
Daí chegamos à conclusão, inclusive durante a conversa final com a psicóloga do juizado após a visita aos meninos, de que devemos priorizar a Ana Beatriz nesse momento. Voltamos um pouco desgastados emocionalmente (e morrendo de saudade da minha filhota, que havia ficado em casa com as avós), mas reafirmados na certeza de que queremos e iremos adotar, sim, mas não já. Inclusive percebemos que, ao contrário do que antes pensávamos, a adoção de crianças um pouco mais velhas do que de início pretendíamos, pode ser para nós uma forma de maternidade maravilhosa.

Ju,
Se você e/ou seu marido quiserem, podemos trocar idéias a respeito,e até contar melhor detalhes dessa experiência. Quem sabe você (s) não vem ver a Aninha e conversamos quando você tiver um tempinho? Eu adoraria!

Bjs férteis a todas
Fernanda

Fernanda disse...

Olhem só que história linda, para vermos que tudo é possível!

Munira Khalil El Ourra não vai dar à luz, mas é mãe de duas crianças que vão nascer até a primeira semana de maio. Quem está na 31ª semana de gestação é sua companheira, Adriana Tito Maciel. A barriga é de Adriana. Os óvulos
fecundados que grudaram no útero dela pertenciam a Munira.
Os bebês já têm nome: Eduardo e Ana Luísa. Serão paridos e amamentados por Adriana, de pele marrom e cabelo que nasce crespo. Mas terão a cara de Munira, branquinha e de cabelo liso.

Para a lei, mãe biológica é quem carrega a criança no ventre. Mas um exame de DNA mostraria o contrário. Nem Adriana nem Munira pretendem disputar na Justiça a guarda das crianças. O que elas querem é sair da maternidade
juntas, com um documento que permita registrar as crianças
no cartório com o sobrenome de cada uma e o nome das duas mães na certidão de nascimento. Como qualquer família normal.

O sonho de ter filhos era antigo para as moças de 20 e poucos anos que se conheceram em Carapicuíba, na região metropolitana de São Paulo. A decisão de namorar sério
foi influenciada por esse interesse em comum. Em poucos meses, estavam dividindo um apartamento e fazendo planos.
Algum tempo depois, Adriana descobriu no ginecologista
que seu útero estava ameaçado por uma doença que já lhe tinha arrancado um ovário: a endometriose. “Fiz tratamento
desde os 18 anos”, diz Adriana. “Na época, achavam que
era cólica menstrual e medicavam com morfina. Quando descobriram, já tinha perdido o ovário direito. E as dores continuavam.” O médico disse a ela que uma gravidez
reduziria o problema em 80% e ainda lhe daria a chance de ter um filho antes que o útero ficasse inválido.

Apesar do relacionamento ainda recente, Munira e Adriana
aceitaram a ideia e procuraram um especialista em reprodução
humana no Hospital Santa Joana para fazer a inseminação
artificial. “A gente achava que iria comprar esperma, levar para casa e aplicar com uma seringa”, diz Munira.
Os planos mudaram quando o novo médico descobriu que Adriana só tinha metade do ovário esquerdo e já não podia engravidar com os próprios óvulos. Ele sugeriu que Munira cedesse os seus. Se usassem o sêmen de um homem de mesmos
traços que Adriana, o filho seria parecido com as duas mães.

As duas moças se animaram com a possibilidade de ter um filho que tivesse um pouco de cada uma. Ainda hoje, Adriana se emociona ao contar essa parte da história.
Tinha sido muito dolorido receber a notícia de que não poderia ter filhos do seu próprio sangue, e o gesto de Munira foi mais que bem-vindo. “Foi a maior prova de
amor que ela poderia me dar.”

Decisão tomada, era preciso fazer alguns exames e começar o tratamento hormonal para estimular os ovários de Munira e sincronizar os ciclos menstruais das duas. Os óvulos de Munira deveriam estar prontos para a inseminação
artificial (em laboratório) na mesma época em que o útero de Adriana estivesse pronto para fixar os embriões. Munira se queixava dos percalços do tratamento. De abril a agosto do ano passado, as injeções diárias na barriga, a oscilação de humor que parecia uma TPM constante, a ultrassonografia vaginal toda semana, o acúmulo de líquido no corpo e o ganho de peso eram o preço que ela tinha de pagar
pela bênção de ser mãe. Em breve, seria a vez de Adriana suportar
a gravidez.

Quando essa fase chegou, Munira diz ter sentido em seu corpo muitos dos sintomas da gravidez da companheira.
“Parecia que eu tinha ficado grávida também.” Ela diz ter sentido enjoos, estrias que nunca haviam existido, mau humor, dores nas costas, dor nas pernas, cansaço
de dia, insônia de noite e até desejos estranhos. Fernando
Prado, o ginecologista das duas, diz não ter explicação para essa sintonia. Ele não descarta que Munira possa até mesmo ter leite quando os bebês nascerem.

Dos exames à gravidez, todo o processo funcionou até melhor que o esperado. “Eu não imaginava que daria certo de primeira”, diz Prado. Segundo ele, a chance de uma
inseminação desse tipo vingar é de 50%, levando em consideração
a idade das pacientes e outras condições de saúde. Como Adriana ainda tinha miomas no útero por causa da endometriose, imaginou que seria preciso retirá-los antes. Mas eles nem fizeram cócegas. Para ajudar, em vez dos dez a 15 óvulos esperados após o tratamento hormonal, Munira
rendeu mais de 20.

Juliana disse...

Fer
Meu Deus, quantas emoções! Nossa... mas esteja certa que sempre que ouvimos nosso coração, tomamos a melhor decisão.
Nós queremos sim! Vai ser muito bom trocarmos idéias sobre o assunto e rever a Aninha. Vamos combinar por e-mail?

Beijão Cris! Muitas saudades e também amo você!

Um beijo a todas e fiquem com Deus!

Ivana disse...

Fernanda,

Sinceramente, acho que Deus iluminou vcs para que tomassem a decisão mais acertada. Sei que vai chegar o momento e vcs adotarão o tão sonhado irmãozinho da Ana. Agora, é tempo de curtir a filha de vcs.

bj

Ivana e Davi ( que começou a comer comigo e me deixou ainda mais feliz)

VANI disse...

Sabrina,

Curti bastante o meu benhê na Inglaterra, fui pela segunda vez a Inglaterra. Esta vez gostei mais, pois fiquei mais tempo. Vi diversos museus e está muito bom para comprar, com a crise eles abaixaram os preços incentivando o consumo.

Bem, no meu último tratamento na inseminação, realmente, quis me desligar um pouco do assunto e não estava participando dos blog. Quis fingir que o tratamento era como comprar um perfume na loja e não contar para ninguém, pois assim não me gerava mais obrigação. E se não desse certo fazer como se o perfume na loja acabou mas que no mês seguinte chegaria mais. Fiz acupuntura e continuo. E tb resolvi confiar plenamente no médico, sem fazer muitas comparações com outros tratamentos, pois cada pessoa reage de uma forma.
bjs.

Lai disse...

Sabrina,
Que Deus ouça as suas palavras!!!!
Pode crer que estou tentando sair dessa.

Cris,
Estou tentando acha-lá dentro de mim, e tenho certeza que vou encontrar.

Fernanda,
Como dizem as meninas "tudo na vida tem a hora certa", então não era a hora certa para vc ter os seus filhos do coração. Com certeza Deus vai lhe dizer no memento certo.
bjs a todas